Existem hoje disponíveis para o consumidor residencial diversas formas de irrigação para jardins, dentre as quais se destaca, principalmente pela economia de água, a irrigação por gotejamento. Esse processo é muito econômico para aguar plantas posicionadas pontualmente no jardim, como arbustos, palmeiras e árvores, mas já não é recomendável no caso da irrigação por área, como é o caso de gramados ou canteiros de flores pequenas.

Vamos, antes de tudo entender o que é irrigação por gotejamento.

A irrigação por gotejamento é, nada mais nada menos que um método muito peculiar de irrigação. Ou seja, é um método utilizado para assegurar que as plantas recebem a água necessária durante toda a sua vida.

Características
Veja quais são as principais características da irrigação por gotejamento que a fazem diferente dos outros métodos.

Aplicação da água
Nesse método de irrigação a água é fornecida à planta de uma forma pontual, através de gotas que caem diretamente sobre o solo. Essas gotas, ao se infiltrarem no solo, atingindo a raiz da planta causa um padrão de umedecimento chamado de “bulbo úmido”. A principal dúvida que surge sobre esse método é a respeito da necessidade ou não, de utilizar um gotejador por planta.

Na verdade, na irrigação por gotejamento o solo desempenha um papel fundamental na distribuição da água e por isso, é necessário um estudo prévio de um especialista para saber se é necessário a utilização de um gotejador por planta, mais do que um, ou até menos do que um.

Desenvolvimento Radicular
Existe muitas discussões relacionadas com o desenvolvimento radicular das plantas neste sistema específico de irrigação. Muitas pessoas se perguntam se esse sistema consegue ou não suportar as necessidades de plantas perenes grandes e vigorosas, com sistema radicular bem plano.

De fato, uma das principais razões da utilização deste sistema de irrigação é o aumento da produtividade obtido com o mesmo. Isso porque o sistema possui uma alta capacidade em irrigar uma determinada parte do solo onde estão as raízes da planta de uma forma bastante precisa e constante, sem a necessidade de expulsar todo o ar do solo – isso torna o mecanismo bem mais eficiente se comparado a outros.

Últimos Trabalhos - Chagas IrrigaçãoDesta maneira, as plantas cultivadas com esse método de irrigação possuem uma maior atividade radicular, raízes mais profundas e, por isso, maior produtividade.

Vantagens da irrigação por gotejamento
Existem muitas vantagens no sistema de irrigação por gotejamento. Dentre elas podemos destacar:

Gasto de água muito inferior a irrigação por aspersão;
Não é necessário uma topografia plana do local
Reduz o gasto com água em mais de 50 %
Permite a fertilização diminuindo o uso de fertilizantes
Pode ser instalado em diversas culturas
Diminui a mão de obra
Diminui a erosão do solo
Aumenta a produtividade da plantação
Desvantagens da irrigação por gotejamento
A irrigação por gotejamento também apresenta algumas desvantagens. São elas:

Custo inicial elevado;
Maior gasto com tubos e mangueiras;
As mangueiras podem se desgastar pelo sol e pela circulação de animais na área;
Baixa eficiência no caso de gramados e jardins.

Fonte: Construindo Decor

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá, Em Que Posso Ajudar?
Powered by